THE POWER OF OUR ANCESTORS

THE POWER OF OUR ANCESTORS

‘The power of our ancestors’ is an immersive performance at Tate Museum celebrating the lives and contributions of the women who came before us.

In March 2020, at TATE museum, 50 Latin American and BME women shared their stories of migration and womanhood and celebrated their ancestors through traditional singing, dancing and autobiographical poetry.

Still we resist, still we rise!

Nina Franco created a performance with members of the community, Sophia and Simone, and a central installation where the artists, at the end of each performance, offered objects in memory of other womxn.

In Survival Cycle, Nina created a central altar where each artist, at the end of the performance, offered objects in memory of other womxn.
The new Anonymous installation was created to honour the missing womxn victims of the dictatorship in Brazil.

Organised by @lawalondon and @mina_theatre

Photos: Chili
Video: @louisecarpenedo

O PODER DAS NOSSAS ANCESTRAIS

‘O poder de nossas ancestrais’ é uma performance imersiva no museu Tate (Londres) que celebra a vida e as contribuições das mulheres que vieram antes de nós.

Em março de 2020, no museu TATE, 50 mulheres latino-americanas e BME compartilharam suas histórias de migração e celebraram suas ancestrais por meio de cantos tradicionais, danças e poesia autobiográfica.

Ainda resistimos, ainda nos levantamos!

Nina Franco criou uma performance sobre ancestralidade negra com mulheres da comunidade latinx, Sophia e Simone inspirada no poema Trancarei sua tristeza da poeta Mexicana Paula.

Além disso apresentou duas instalações, Ciclo de sobrevivências e Anônimas.

Em Ciclo de sobrevivências, Nina criou um altar central onde cada artista, ao final de sua performance, oferecia objetos em memória de outras mulheres.
A nova instalação de Anônimas foi criada para homenagear as mulheres desaparecidas e mortas vítimas da ditadura no Brasil.

 

Organizado por @lawalondon e @mina_theatre

Fotos: Chilli
Vídeo: @louisecarpenedo